Mais de 10 mil candidatos participam da primeira fase do Concurso Público da Unifesp

No dia das provas objetivas, candidatos se preocupam com exigência das questões do exame. Gabarito da primeira fase está disponível no site do Concurso. Estão sendo disputadas 98 vagas para 59 cargos destinados a profissionais com formação em nível médio e superior

São Paulo, 23 de maio de 2018 –  Mais de 10 mil candidatos concorreram no domingo, 20 de maio, à primeira fase do Concurso Público da Universidade Federal de São Paulo, Unifesp, para ocupar uma das 96 vagas abertas para o Plano de Carreira de 56 Cargos de Técnico Administrativos em Educação, para composição do quadro de pessoal da Universidade. Esse concurso foi previsto pelo Edital nº 105, de 13 de março de 2018.

O gabarito com o resultado das provas objetivas está disponível pelo https://concurso2018.unifesp.br/, desde às 14h30, da segunda-feira, 21/5.

“Me preparei muito para essa avaliação, porque tenho certeza do nível de exigência da prova. A Unifesp é uma instituição referência. Suas provas de admissão são difíceis”, comentou, Jéssica Luana, 26 anos, candidata a uma das vagas para Técnico de Enfermagem, pouco antes de ingressar no prédio onde faria o exame.

O possível grau de dificuldade da prova, de certa forma, foi uma das principais preocupações dos participantes do concurso. Acreditava-se numa prova elaborada que exigira bastante conhecimento.

“Achei a prova bem difícil. Infelizmente, para mim, ainda não detenho muito sobre o conhecimento que estava sendo pedido”, comentou a pedagoga Silvia Helena Martins, 30 anos, que concorria a uma vaga em Pedagogia. A dificuldade ressaltada por Silvia, segundo ela, estava relacionada ao fato de as perguntas, do exame, serem sobre a aplicação da Pedagogia em nível superior. “Como minha prática, como pedagoga, é na educação básica, tive dificuldades, mas ter participado dessa seleção me valeu como experiência”. Silvia lembrou, contudo, que o conteúdo exigido estava em acordo com o indicado pelo Edital. “O concurso seleciona profissionais para atuar, com pedagogia, na área do ensino superior.”

O direcionamento das questões das provas, ressaltando determinado aspectos do conhecimento das áreas de interesse do candidato, também foi destacado pelo participante Pedro Puccini como fator de dificuldade para o exame. “A prova enfatizou normas e condutas específicas da pediatria e isso foi um complicador para o exame”, apontou Pedro, candidato a uma das vagas para Pediatria Geral e Comunitária. “Apesar da dificuldade da seleção, a prova mantém o padrão de exame da instituição”, completou.

O Concurso Público da Unifesp é organizado pela Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo, FapUnifesp. E a Fundação não mediu esforços para assegurar as melhores condições para sua execução.

Entre outras medidas, constituiu-se uma banca de prova para supervisão da elaboração das questões; destacaram-se profissionais para fazer a administração do Concurso; entre fiscais e coordenadores, foram recrutadas 325 pessoas para a realização das provas e recolhimento dos documentos de comprovação de títulos; contratou-se gráfica especializada com certificação de sigilo de informação; criou-se site para inscrição e acompanhamento das fases do edital. Essa estrutura é mobilizada em todas as etapas do Concurso, que é constituído por provas objetivas, em sua primeira fase; e provas prática e teórico-prática destinadas a 37 cargos, numa segunda fase. A prova de títulos é feita entre os selecionados de todas as especialidades.

Nas provas teórico-práticas serão avaliadas situações clínicas e cirúrgicas e/ou tarefas e questões que devem ser respondidas de modo objetivo pelo candidato. Para cada resposta do candidato, há uma base de julgamento padrão pré-estabelecido.

A saber, a prova para o cargo de Tradutor e Interprete de Libras terá duração máxima de 30 minutos, por candidato, sendo: até dez minutos para leitura das orientações gerais; até dez minutos para interpretação da Língua Portuguesa para Libras; e até outros dez minutos para o inverso, interpretação de Libras para a Língua Portuguesa. Esse exame será gravado, em vídeo, para registro e avaliação. Sua utilização, teor e propriedade são exclusivos da Unifesp

Outros detalhes podem ser acessados pelo  https://concurso2018.unifesp.br/. Abaixo, a lista das áreas que farão a segunda fase do concurso.

Assistente Social

Biomédico (Análises Clínicas)

Fisioterapeuta/Hospitalar,

Fisioterapeuta/Saúde da Família – Saúde Pública

Odontólogo/Hospitalar

Psicólogo/Saúde da Família – Saúde Pública

Tradutor e Interprete de Libras

Zootecnista

Técnicos de Laboratório em:

  • Biomedicina
  • Hemoterapia
  • Microscopia Eletrônica
  • Polissonografia

Médicos com especialidade em:

  • Anestesista (Sub. Área Dor)
  • Cardiologia Pediátrica
  • Cirurgia Torácica
  • Clínica Médica – Terapia Intensiva/Pronto Socorro
  • Clínica Médica
  • Dermatologia
  • Endoscopia Ginecológica
  • Geriatria
  • Ginecologia/Mastologia
  • Ginecologia/Oncológica
  • Ginecologia/Pronto-Socorro
  • Medicina da Família e Comunidade
  • Medicina Intensiva (Adulto)
  • Nefrologista
  • Nutrologia Pediátrica
  • Obstetrícia
  • Ortopedia e Traumatologia
  • Otorrinolaringologia
  • Otorrinolaringologia/Pronto-Socorro
  • Patologia Clínica
  • Pediatria Geral e Comunitária
  • Pediatria/Pronto-Socorro
  • Pneumologia Pediátrica
  • Psiquiatria
  • Reumatologia Pediátrica