Estúdio de TV da Unifesp produzirá conteúdo educativo

Localizado no prédio da Reitoria, o novo espaço poderá ser utilizado para a disseminação on-line de conteúdo educacional elaborado por membros da comunidade acadêmica. Um Conselho Gestor será formado para sua administração

São Paulo, 27 de Março de 2015 – Está pronto o Laboratório de Apoio a Inovações Educacionais e Mídias Interativas na Universidade Federal de São Paulo, Unifesp. Na prática, o espaço, localizado no quarto andar do prédio da Reitoria, é um estúdio de gravação de televisão, montado com câmeras de full HD, fundo infinito, mesas de corte de imagem, equipamento de streaming (forma de transmissão de imagem e som em tempo real), entre outros. “Montamos uma estrutura eficaz, com capacidade para produzir, rapidamente, diversos conteúdos educacionais”, enfatiza Marcello Di Pietro, Diretor do Departamento de Tecnologia e Informação, DTI, um dos responsáveis técnicos pela concepção do Laboratório. “O estúdio tem equipamentos compatíveis com o mercado, garantindo estrutura adequada aos seus usuários”, acrescenta.

A criação desse espaço foi viabilizada com verba advinda da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, e disponibilizada pela FapUnifesp, que decidiu apoiar a criação do estúdio, por meio de sua Reserva Técnica Institucional. Para sua administração será criado um Conselho Gestor composto inicialmente por representantes do DTI, do Ensino a Distância (EaD), do Departamento de Comunicação da Universidade, e da Fundação. Caberá a esse Conselho definir sua grade de uso e demais deliberações administrativas para seu funcionamento. “O estúdio é uma ferramenta importante para divulgação da produção científica, diversificação de estratégias de ensino e ampliação da educação on-line, proporcionada pela Universidade. Oferece meios para intensificar a comunicação institucional e moderniza a disseminação de conteúdos de inovação”, reflete o Diretor de Ensino da FapUnifesp prof. Marcelo Domingues Roman.

Ampliar a difusão de conhecimentos específicos, dar visibilidade ao desenvolvimento de pesquisas e mostrar estudos conduzidos por docentes, técnicos administrativos e discentes da Unifesp são algumas das expectativas para o funcionamento do estúdio. Esses conteúdos produzidos estarão disponíveis no site da Universidade e, em parte, no site da Fundação. “Garantir disseminação da produção de conhecimento e de conteúdos educacionais de qualidade é uma forma de aprimorar processos de ensino e aprendizagem. Ao se criar um local para viabilizar essa ideia, reafirma-se o compromisso da fundação com a formação das pessoas”, avalia prof. Marcelo Roman.