Editora Fap-Unifesp é finalista do Prêmio ABEU 2015

Obra elaborada por Thiago Lima Nicodemo é dedicada ao trabalho de um dos mais renomados historiadores brasileiros, Sérgio Buarque de Holanda. O livro Alegoria Moderna concorre com dois outros títulos na categoria Humanidades

São Paulo, 3 de Novembro de 2015 – O livro “Alegoria Moderna – Crítica Literária e História da Literatura na Obra de Sérgio Buarque de Holanda”, do autor Thiago Lima Nicodemo, publicado pela da Editora Fap-Unifesp, em 2014, (1ª Edição, 384 páginas) é finalista do Prêmio da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU), na categoria Humanidades.

Nicodemo é especialista no trabalho de Sérgio Buarque de Holanda. Em Alegoria Moderna, ele foca a “ponte” feita, por Buarque de Holanda, entre a história e a literatura. Dessa forma, entre outros aspectos, o livro reconstitui sua formação acadêmica, desde os anos de 1920, originando uma narrativa que permite ao leitor acompanhar seu processo de formação, além de destacar um importante período da cultura brasileira.

Buarque de Holanda é considerado um dos mais importantes intelectuais brasileiros do século 20. Nascido em São Paulo, em 1902, formou-se como Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela então Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro. Entre outros, é autor de Raízes do Brasil (publicado originalmente em 1936), um dos mais importantes trabalhos de historiografia e sociologia sobre o Brasil. Seu trabalho cruzou fronteiras e é considerado fundamental para a compreensão da sociedade brasileira. Ele morreu pouco antes de completar 80 anos, em 24 de abril de 1982, em São Paulo.

Ao lado de Alegoria Moderna, na categoria Humanidades, também são finalistas: “Do Mito das Musas à Razão das Letras: Textos Seminais para os Estudos Literários (século VIII a. C – século XVIII)”, de Roberto Acízelo de Souza (Argos, Editora da Unochapecó); e “Eça de Queiroz: Uma Biografia”, de A. Campos Matos (Editora Unicamp em Coedição com Ateliê Editorial).

Um dos objetivos do Prêmio ABEU é incentivar a qualificação das publicações das editoras universitárias, pela excelência dos conhecimentos veiculados nos títulos, assim como pela concepção estética das edições. A premiação condecora as melhores obras publicadas pelas editoras universitárias brasileiras e dividi-se em três categorias: Humanidades ou Ciências Humanas, Tecnociência e Projeto Gráfico. Atualmente, a ABEU reúne mais de 100 editoras universitárias em todo o país.

Os vencedores da premiação deste ano serão conhecidos em solenidade no dia 10 de novembro, às 20h00, no Salão de Conferência da Academia Paulista de Letras, localizado no Largo do Arouche, centro da cidade de São Paulo. Cada vencedor ganhará o Troféu Prêmio ABEU 2015.

Vale lembrar, a editora Fap-Unifesp é uma iniciativa da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo, FapUnifesp, e tem como objetivo difundir o conhecimento nas áreas de humanidades, ciências exatas, biológicas e da saúde. A Editora busca a criação de uma cultura editorial-acadêmica que valorize o trabalho do docente universitário, consolidando uma literatura própria na elaboração e divulgação de conhecimentos acadêmicos e científicos no país.